Big Brother Brasil: Relembre participantes que desistiram ou foram expulsos do programa

Publicidade

Na televisão pode parecer fácil, mas viver três meses confinado, sem acesso à TV, internet ou qualquer notícia do mundo, não é para qualquer um! Devido ao sucesso das 22 edições do Big Brother Brasil, participar de um reality show é o sonho de milhares de brasileiros, mas a realidade de quem passa pela experiência pode ser bem diferente. Ao longo da história do programa, foram várias desistências e algumas expulsões, confirmando que manter o controle emocional durante o período de jogo é um desafio enorme, que nem todos conseguem ultrapassar.

Relembre desistências e expulsões do BBB:

 1- Dilsinho Mad Max (BBB 3)

Publicidade

Lembra dele? Foi o primeiro participante a desistir de um Big Brother, na 3ª edição do programa. Dilsinho se apaixonou pela ex-Miss Brasil Joseanne Oliveira, logo no início do jogo. Eles chegaram a se beijar, mas não deu tempo de formar um casal. Ao ser questionada, ao vivo, por Pedro Bial se o beijo tinha sido bom, a modelo respondeu que não sabia, pois a “luz estava apagada”. Para quem saber ler, um pingo é letra! Dilsinho não suportou a rejeição amorosa e pediu para sair da casa após 20 dias do início do programa.

Publicidade

2- Marielza (BBB 5)

Publicidade

Nos primeiros anos de BBB, “pessoas comuns” tinham a chance de entrar na casa por meio de sorteio patrocinado por empresas, sem precisar passar pelo rigoroso processo seletivo da TV Globo. Uma delas foi Marielza. No entanto, a participante sofreu um AVC e precisou abandonar a disputa. Na ocasião, ela desmaiou durante um banho de ofurô e foi socorrida pelo Dr. Gê (Rogério Padovan), outro participante do reality, e encaminhada às pressas para o hospital. Ela foi substituída na atração.

3- Leonardo (BBB 9)

Publicidade

A dinâmica do quarto branco surgiu na nona edição do programa e pegou os participantes de surpresa. Três brothers foram enviadas para o cômodo misterioso após um dos participantes cumprir um castigo do Big Fone. O quarto tinha paredes acolchoadas, decoração completamente branca, luzes que não se apagavam nunca e… um botão de desistência. Quem apertasse, estava eliminado do programa. Leonardo Jancu não resistiu à sessão de tortura, como o público classificou na época, e pediu para sair.

Publicidade

4- Daniel (BBB 12)

Publicidade

Uma noite de bebedeira que terminou em uma acusação de estupro: foi o primeiro caso de polícia no Big Brother Brasil. Após uma festa regada a álcool, Daniel e Monique foram para debaixo do edredom e trocaram carícias, mas os telespectadores apontaram que a participante não teria condições de consentir, já que estava muito bêbada. Após muita pressão popular, Daniel foi desclassificado por “grave comportamento inadequado” e respondeu à acusação na justiça.

5- Kléber Bambam (BBB 13)

Publicidade

O vencedor do primeiro Big Brother teve a chance de retomar ao programa de número 13. Já milionário e famoso por aparições na mídia, a fama subiu à cabeça de Bambam, fazendo com que ele afrontasse Boninho e a direção em rede nacional – “Trato bem vocês aí de cima (se referindo à produção), vocês têm de me tratar bem aqui embaixo”, desabafou. Após 5 dias de confronto com outros participantes e insatisfeito com o rumo do programa, o participante decidiu abandonar a disputa.

Publicidade

6- Tamires (BBB 15)

Publicidade

A saudade da família é comum a qualquer confinado, mas quando tem criança no meio, tudo fica muito pior. Foi o que aconteceu com Tamires no BBB 15: a dentista não aguentou a falta que a filha fez e decidiu voltar pra casa, deixando pra trás a chance de levar R$ 1,5 milhão no jogo.

7- Alan (BBB 16)

Publicidade

Mais um caso de família! São raras as circunstâncias em que a produção dá notícias de fora para os participantes. No BBB 16, Alan foi avisado de que o estado de saúde do seu pai, que sofria de câncer no pulmão, havia piorado. O brother decidiu abandonar o programa para acompanhar o tratamento do pai. E a decisão parece ter sido acertada, pois o pai de Alan faleceu dias depois.

Publicidade

8- Ana Paula (BBB 16)

Publicidade

Grande candidata a vencedora do BBB 16, Ana Paula Renault deu adeus à chance de se tornar milionária após uma agressão a outro participante. Foi a primeira vez que um participante foi desclassificado por essa razão. Leves tabefes na cara foram o suficiente para que Renan fosse ao confessionário e denunciasse agressão. Apesar de ter sido expulsa, Ana Paula saiu aclamada, ganhou um quadro de TV no extinto Vídeo Show e até hoje colhe frutos da fama alcançada no programa.

9- Dr. Marcos (BBB 17)

Publicidade

No BBB 17, o relacionamento entre Emilly Araújo e Marcos Harter era gatilho para quem já sofreu agressão doméstica. O público pediu e a TV Globo analisou: Emilly foi submetida a avaliações médica e psicológica para ser constatado que o médico praticava uma relação abusiva com a participante. Marcos foi expulso e processado judicialmente. Emilly se tornou campeã da edição.

Publicidade

10- Vanderson (BBB 19)

Publicidade

A fama repentina traz consequências, que nem sempre são boas! Ao aparecer na televisão, Vanderson foi reconhecido como abusador por três mulheres, que prestaram queixa na polícia. O participante saiu para prestar depoimento e nunca mais regressou ao programa.

11- Hariany (BBB 19)

Publicidade

A amizade de Hariany e Paula não resistiu a uma noite de festa. Após apanharem uma bebedeira, as amigas se desentenderam, discutiram e Hariany acabou empurrando Paula, que caiu no chão. A atitude foi classificada como agressão e a sister foi expulsa do BBB.

Publicidade

12- Lucas Penteado (BBB 21) 

Publicidade

Foram algumas tentativas até que Lucas Penteado conseguisse consumar sua saída do reality show. Alvo preferido do grupinho de Karol Conká, o ator foi excluído, sofreu discriminação e bullying na casa. A gota d’água foi quando protagonizou o primeiro beijo gay da história do programa, com Gil do Vigor, sendo acusado de usar sua orientação sexual para atrair audiência do público.

13- Maria (BBB 22)

Publicidade

Foi em um jogo da discórdia que Maria perdeu a cabeça e provocou sua expulsão da casa mais vigiada do Brasil. A dinâmica consistia em jogar um balde de água suja no oponente e a sister não mediu sua força, batendo propositalmente o balde na cabeça de Natália. “Ela (Natália) me deixou com muito ódio, na hora não raciocinei o que eu fiz. É a segunda vez que sou agressiva com uma pessoa”. Maria se arrependeu, mas o tribunal da internet não perdoou e pediu sua desclassificação.

Publicidade

14- Tiago Abravanel

Publicidade

O sentimento de abandono parece ter sido o fator decisivo para que Tiago inaugurasse o botão vermelho e abandonasse a disputa no BBB. Depois de ficar sem par na prova do líder e não formar alianças no jogo, Abrava se tornou o principal alvo dos votos na casa. O showman admitiu não saber jogar e disse não entender como alguém que tem boa relação com todos da casa entra na mira. Com pouco mais de um mês de programa, o neto de Silvio Santos optou por deixar a casa.

Veja também: Saiba quais foram as provas de resistência mais longas do Big Brother Brasil

Publicidade