Empresário russo oferece recompensa milionária pela captura de Putin, “vivo ou morto”

Publicidade

O faroeste está diferente! Na última quarta-feira (02), um investidor russo pôs a cabeça de Vladimir Putin a prêmio (e não apenas em sentido figurado). Alex Konanykhin ofereceu em suas redes sociais uma recompensa de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,03 milhões) pela captura do presidente russo – vivo ou morto! “Prometo pagar US$ 1.000.000 ao (s) oficial (is) que, cumprindo seu dever constitucional, prenderem Putin como criminoso de guerra sob as leis russas e internacionais”, disse o empresário de criptomoedas em uma postagem no Facebook.

Empresário russo oferece recompensa milionária pela captura de Putin “vivo ou morto”

Publicidade

Konanykhin justifica sua oferta como uma “assistência à Ucrânia em seus esforços heróicos para resistir ao ataque da horda de Putin”. Se identificando como um cidadão étnico da Rússia, o autor cita um dever moral de facilitar a desnazificação do seu país, que Putin promoveria ao declarar o ataque militar, eliminar eleições livres e assassinar seus oponentes.

Caso o anúncio surja efeito, a recompensa oferecida por Konanykhin virá de seus próprios fundos, que estão estimados em US$ 300 milhões (cerca de R$ 2,7 Bilhões). O movimento de oligarcas russos que são contrários à invasão da Ucrânia só cresce – diferente daqueles que são alvos das sanções impostas pelos EUA e cia., cuja riqueza pessoal acumulada aos bilhões alavancou suas conexões com o Kremlin na divisão dos ativos da ex-União Soviética nos anos 1990.

Publicidade

Veja também: Guerra entre Rússia e Ucrânia: entenda a crise entre os países

 

Publicidade