Marinheiro ucraniano tenta afundar iate de russo e acaba preso

Publicidade

Revoltado com os ataques russos ao seu país, um marinheiro ucraniano decidiu se vingar da maneira que era possível. Em Mallorca, na Espanha, ele atentou contra o iate Lady Anastasia, do russo Alexander Mikheev, onde trabalhava há dez anos.

O executivo é diretor de uma empresa estatal russa que exporta equipamentos militares, como tanques, armas, aeronaves e munições. Sua embarcação particular tem 48 metros e está avaliada em cerca de 8 milhões de euros.

Publicidade

Além de marinheiro, o ucraniano é mecânico e provocou danos na sala de máquinas que causaram um naufrágio parcial. Preso pela Guarda Civil espanhola, assumiu a responsabilidade total pela ação e foi libertado mediante pagamento de fiança. Em entrevista, ele disse que viu o vídeo de um ataque a inocentes a Kiev e, em decorrência disso, se sentiu motivado a afundar a embarcação.

Diante do juiz, o ucraniano de 55 anos afirmou que não se arrependia e faria tudo novamente. Novamente livre, ele tomou o rumo de seu país para juntar-se às Forças Armadas.

Publicidade

Veja também: Técnico ucraniano de time da Liga dos Campeões larga o futebol para lutar na guerra