Técnico ucraniano de time da Liga dos Campeões larga o futebol para lutar na guerra

Publicidade

O técnico de futebol Yuriy Vernydub deixou seu cargo no clube moldavo Sheriff para juntar-se à guerra. Ele nasceu na cidade ucraniana de Zhytomyr, que vem sendo alvo de bombardeios russos, e tem 56 anos de idade.

Desde 2020, Yuriy comandava o time da Moldávia, que foi campeão do último campeonato nacional e assim se classificou para a Liga dos Campeões. Estreante na Champions, a equipe surpreendeu em setembro de 2021 ao vencer o poderoso Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu, por 2 x 1.

Publicidade

Graças ao 3º lugar na fase de grupos, o time se classificou para a Liga Europa, mas caiu antes das oitavas de final para o português Braga.

A eliminação foi dramática, nos pênaltis, no dia 24 de fevereiro, mesma data em que Putin ordenou os primeiros ataques à Ucrânia. Yuriy foi avisado pelo filho, ficou em choque e acredita que a situação afetou o desempenho de seu time na partida.

Publicidade

Em entrevista, o técnico disse que conversou com o diretor geral do Sheriff logo que o jogo terminou, avisando que iria para a Ucrânia, onde ainda mora sua família. Chegando lá, se juntou às Forças Armadas e está recebendo treinamento. “Essa é minha escolha, não poderia ser de outro jeito”, ele declarou.

técnico ucraniano

Créditos: Twitter @Emishor

Publicidade

Veja também: Guerra entre Rússia e Ucrânia: entenda a crise entre os países